Fundação PLMJ recebe prémio na ARCO Madrid
Descrição
A Fundação PLMJ recebeu o prémio "A" colecionismo da ARCO na categoria "Coleção Corporativa Internacional 2024". Maribel Lopez, diretora da ARCO, entregou o prémio à Fundação PLMJ, numa cerimónia em Madrid, sublinhando que "A coleção de arte contemporânea da Fundação PLMJ caracteriza-se por ser uma coleção de arte corporativa sem fins lucrativos, que desde a sua criação já apoiou mais de 500 artistas de diferentes gerações, de Portugal e de outros países de língua portuguesa. Graças ao seu compromisso constante durante mais de 20 anos, a Fundação PLMJ consolidou-se como uma instituição cultural de referência em Portugal".

Eduardo Nogueira Pinto, Presidente Executivo da Fundação PLMJ recebeu o prémio e destacou que "É uma enorme honra e um grande prazer receber este prémio da ARCO em nome da Fundação PLMJ. A ARCO é uma bússola para a arte contemporânea e tem feito muito para promover novos talentos, dando o mote para os desafios e gerações futuras. Todos os anos, a ARCO tem premiado coleções que para nós são referências mundiais, e este ano agradecemos a possibilidade de nos juntarmos a este honroso grupo de reconhecidas coleções de arte contemporânea. Este prémio é sobretudo para os artistas que temos apoiado ao longo dos últimos 25 anos - estamos muito orgulhosos dos seus percursos, desde que entraram para a Fundação como artistas emergentes. Vê-los na ARCO, em Madrid e em Lisboa, é uma grande satisfação e é para isso que trabalhamos todos os dias. A nossa aspiração é estar aqui dentro de 25 anos, tão orgulhosos como hoje, com mais artistas de Portugal e de outros países de língua portuguesa, como Angola, Moçambique ou Brasil, a serem reconhecidos pela ARCO como o presente e o futuro da arte contemporânea".

A Fundação PLMJ partilha este prémio com toda a equipa da PLMJ, deixando um agradecimento especial ao Luis Sáragga Leal e aos sócios que, há 23 anos, decidiram instituir a Fundação e, indo além do estritamente relacionado com a sua primeira razão de existir, a advocacia, assumiram um compromisso mecenático com a comunidade cultural e artística. Foi esta visão dos sócios da PLMJ que permitiu chegarmos até aqui, compreendendo a responsabilidade de contribuir para a comunidade e iniciando um caminho de apoio à produção artística, que se mantém até hoje.

Na fotografia: Maribel Lopez, Diretora ARCO, Eduardo Nogueira Pinto, Presidente Executivo Fundação PLMJ, Gonzalo C. Martin, Diretor Geral de Cultura de Madrid| Fotografia de Amador Toril.