O Estado das Coisas
"O Estado das Coisas", propõe um apontamento de reflexão sobre relações diversas entre indivíduos e contextos, momentos históricos e situações autorreferenciais, mas também poéticas e críticas - ainda utópicas? -, no sentido de auscultar a condição do sujeito e o seu contexto físico e psicológico enquanto habitante transitório do espaço urbano, mas também da casa, entre o que é íntimo e o que ocorre na esfera de relações com a exterioridade a que todos somos sujeitos e condicionados, no uso e no confronto com os meios económicos e as diversas formas de linguagem visual e funcional que nos afectam, sob as necessárias, mas consequentes transições culturais e políticas presentes na revisitação de espaços e lugares que se revelam no imaginário destes artistas.
  • EdiçãoCamões Berlim
  • Data07-06-2018